24/10/14 | 01:16
Gramado da Arena da Amazônia recebe piso especial para festa do Boi Manaus

protgramarena2

Prestes a receber a terceira e última noite do Boi Manaus 2014 nesta quinta-feira, 23, a Arena da Amazônia recebe os últimos ajustes para o espetáculo cênico que deve reunir, aproximadamente, 45 mil pessoas. O campo do estádio foi coberto por um piso especial, o easyfloor, que garantirá a preservação do gramado e o conforto do público durante todo o evento.

A festa começa a partir das 18h e faz parte do calendário das atividades artístico-culturais planejadas pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), para comemorar os 345 anos de aniversário da cidade. Segundo o diretor-presidente da fundação, Bernardo Monteiro de Paula, a preocupação é manter não só a diversão dos brincantes, mas também preservar toda a estrutura física do estádio.

“Montamos todo o palco na parte Sul do gramado e toda a área do campo recebeu um tapete especial, a exemplo do que ocorre em outros estádios pelo mundo. Queremos preservar a Arena. Afinal, no sábado, dia 25, teremos um grande jogo válido”, explicou Monteiro de Paula.

Pela primeira vez na Arena da Amazônia, o Boi Manaus terá o encerramento em um formato inovador. Mais de 150 artistas farão parte do espetáculo que contará com a participação dos bumbás de Parintins, Caprichoso e Garantido, e dos bois de Manaus, Corre Campo, Brilhante e Garanhão, além de coreógrafos, bailarinos e corpo técnico.

Atos

A maior inovação fica por conta da estrutura do evento, que desta vez será dividido em cinco atos diferentes. Na estrutura de apresentação deles, cada ato será conduzido por uma personalidade local.

No primeiro ato, intitulado ‘Roda de Toadas’, 16 cantores entoarão toadas antológicas para aquecer a noite. Entre os artistas que se apresentam neste ato, estão nomes como Caetano Medeiros, Jardel Bentes e Helen Veras. O ato seguinte, chamado ‘Canto das Yaras’, ressalta a participação feminina no boi-bumbá e vai reunir Luanita Rangel, Mara Lima, Julieta Câmara e Ianayra.

O terceiro ato evidencia os bois-bumbás de Manaus: Garanhão, Corre Campo e Brilhante, em uma apresentação que, de forma compacta, contará com todos os itens individuais de cada boi, como cunhã-poranga, rainha do folclore, pajé, entre outros. Entre as apresentações dos bumbás, haverá a participação de convidados especiais, como Kamayurá, Carlos Batata e Canto da Mata.

Para celebrar a virada do dia 23 para o dia 24, o quarto ato reúne três nomes da música amazonense que se destacam pela interpretação e voz: Edilson Santana, Márcia Siqueira e Zezinho Corrêa. Além disso, o palco da festa também vai receber uma apresentação de dança contemporânea coreografada pela bailarina Adriana Góes. Nesse momento, os cinco bois também se reunirão no palco para saudar a cidade.

Por fim, o quinto ato segue a estrutura do Encontro dos Bumbás, que já fez sucesso em suas edições na Ponta Negra, com a presença de artistas dos bois Caprichoso e Garantido do mesmo item, dividindo o palco. Estarão presentes os apresentadores, levantadores e amos de cada boi. A noite encerra às 3h do dia 24, com os amos do boi Tony Medeiros e Júnior Paulain entoando as toadas de despedida da festa.

FOTOS: MAYARA BRILHANTE / MANAUSCULT