22/06/14 | 22:35
Retorno dos torcedores após jogo ocorre com tranquilidade

Retorno dos torcedores após jogo ocorre com tranquilidade

Depois de assistir ao empate em 2 a 2 entre as seleções dos Estados Unidos e Portugal, os mais de 40 mil torcedores que estiveram na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, neste domingo, 22, mais uma vez, não tiveram problemas para ir e vir do estádio. O tráfego de pedestres e de veículos ocorreu sem qualquer transtorno, segundo o agente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) Marlos Nicácio. De acordo com ele, o efetivo de 72 servidores do órgão seguiu o mesmo esquema dos jogos anteriores, o que surtiu, mais uma vez, o efeito esperado.

Vias sinalizadas com cones e agentes de trânsito colaboraram para orientar grande parte dos espectadores que utilizou as avenidas Constantino Nery e Djalma Batista para deixar o estádio.

Uma hora e meia após o fim da partida, o tráfego da avenida Djalma Batista foi liberado para o trânsito em geral. Muitos torcedores deixaram a Arena de carro ou de táxi, mas o industriário Jorge Luiz optou em voltar para casa de ônibus junto com os amigos. Ele disse que é o segundo jogo que o grupo assiste em Manaus e sempre volta de ônibus. “Voltamos de ônibus no primeiro jogo e foi muito rápido, além de ser mais tranquilo porque os ônibus já ficam aqui esperando os torcedores e também não temos que nos preocupar com estacionamento”, comentou.

Chegada ao estádio

Antes do jogo, os torcedores também tiveram um acesso tranquilo ao estádio, caminhando a pé nas ruas que foram interditadas pelo Manaustrans. Desde às 9h da manhã, os trechos das principais avenidas que contornam a Arena foram monitorados por agentes de trânsito e ao meio-dia, o acesso para veículos foi bloqueado.

As primeiras interdições foram realizadas nas avenidas Pedro Teixeira e Lóris Cordovil, no trecho entre a Alameda do Samba e a avenida Constantino Nery. No início da tarde, o tráfego na avenida Constantino Nery foi interrompido no trecho entre o viaduto de Flores e a avenida Darcy Vargas. A avenida Djalma Batista, área restrita para embarque e desembarque de passageiros do transporte coletivo, foi interditada às 14h.

Os agentes do Manaustrans não constataram ocorrências de estacionamento irregular nas ruas que contornam a Arena. No entanto, foi necessário orientar um grupo de estrangeiros que insistia em estacionar na área de restrição.

A escolta das delegações de Portugal e Estados Unidos, desde a saída dos hotéis, na zona Centro-Sul, até a Arena, foi acompanhada pelo Manaustrans. O percurso foi organizado por agentes em motos que atuaram em postos de controle de trânsito nos cruzamentos de maior movimento ao longo das rotas protocolares. Os agentes atuaram nesses locais com uma hora de antecedência para facilitar a passagem dos veículos escoltados.

Foto: Marinho Ramos/Semcom

Assessoria de Comunicação do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans): 92 3215-9047 / 8842-2220

Mais notícias sobre a Copa em Manaus podem ser conferidas no link: http://bit.ly/COPAEMMANAUS